• LEMA

O café de cada dia

Escrito por Dayanandra Pereira

Na UFRJ mais um semestre começa, 2018.2 chegou e ele trouxe novos desafios, tarefas e disciplinas... Como conciliar diversas tarefas e ainda manter a energia? Com o bom e antigo café, tema da coluna dessa semana! #VemComaLEMA conhecer mais sobre essa bebida energética e fundamental para os estudantes.

Da pasta ao ouro brasileiro

A história do café começou no século VII, é originário das terras da Etiópia e comercializado para o Egito e a Europa. Acredita-se que as tribos africanas já conheciam o grão há muito tempo e moíam para fazer uma pasta que servia de alimento para os animais e aumentar as forças dos guerreiros. Entretanto o grão se popularizou somente no século XVI.

Ele já foi considerado ouro aqui no Brasil e foi um fator de crescimento muito importante, durante os anos de 1881 a 1890 era o produto brasileiro mais exportado (a porcentagem estimada era de 61,5%). Infelizmente um dos grandes fatores de crescimento da produção interna foi à mão de obra escrava concomitantemente ao aumento da demanda externa devido à inserção da bebida no estilo de vida americano.

A riqueza gerada pelo café até o começo do século XX acabou quando houve a quebra da bolsa de valores de Nova York, que gerou a crise mundial (ou crise de 1929) e trouxe diversas consequências negativas para a economia brasileira da época.

O brasileiro ama café

De acordo com a ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) a produção em 2016 foi de 51.4 milhões/sc com participação de 6,4% no agronegócio e 34,64% na produção mundial de café. Não para por aí... Mesmo em tempos de crise, em 2017, foi registrado o crescimento de 3,6% do consumo aqui no Brasil (prioridades, né?). De acordo com a pesquisa promovida pela ABIC mais de 80% dos lares brasileiros tem café. Dessa forma, o cenário atual é propício para o surgimento de novas alternativas, inovações e muito empreendedorismo (é LEMA que se fala?).

Produção do café

A produção do café envolve 10 etapas, são elas:

1. Cultivo: preparação da terra, plantio das mudas e manutenção das plantas com controle de pragas.

2. Colheita: pode ser realizada de forma manual, semimecanizada com a utilização de derriçadeiras ou totalmente mecânica com colhedeiras completas, automotrizes ou tracionadas por trator.

3. Preparo do café: pode ser via seca, úmida ou semiúmida.

4. Beneficiamento do Café: nessa etapa ocorre o descascamento, pré-limpeza e catação/separação.

5. Classificação do Café: ocorre a retirada da casca e pergaminho do fruto.

6. Torra: fundamental para alteração das propriedades físico-químicas do grão, cada blend exige uma torra adequada que geralmente leva de 9 a 20 minutos .

7. Blend: combinação de diferentes tipos de café para produzir produtos com propriedades específicas.

8. Moagem: ocorre de acordo com a granulometria desejada.

9. Embalagem

10. Acondicionamento e transporte


Infográfico retirado de: MexidoDeIdeias

Faz bem para a saúde ou não?

É um alimento polêmico, por isso o recomendado é não exagerar no consumo. Diversas pesquisas demonstram benefícios do consumo associado à hábitos de vida saudáveis. O grão tem propriedades antioxidantes por causa da composição com ácidos clorogênicos e acredita-se que ele pode fazer bem a saúde e reduzir o risco de alguns tipos de doenças.

Curiosidades de terça

Tem algumas questões sobre o café que todo mundo quer saber, #VemComaLEMA descobrir a resposta.


Quanto tempo a cafeína numa xícara de café leva para surtir efeito?

Até duas xícaras de café podem incrementar sua atenção por várias horas, mas, em média, de 20 a 30 minutos são necessários para a cafeína surtir efeito. (Retirado de: ABIC)

Qual é a dose diária recomendada de café?

Por ser uma bebida estimulante não podemos exagerar na quantidade (difícil cumprir isso no final do período), cada organismo tem uma dose diária de satisfação e o segredo (vale para todo alimento) é não exagerar. (Retirado de: ABIC)




Quem poderia imaginar que há tanta história por trás de uma xícara de café... E você gosta de café ou prefere manter distância da cafeína? Com ou sem café o importante é ter muita energia para esse começo do segundo semestre, até o próximo post!

Referências bibliográficas

FERREIRA, B. Café: o ouro negro. Disponível em: <historiabruno.blogspot.com/2012/03/o-ouro-preto-cafe.html>

STEIN, K. Da fazenda à xícara. Disponível em: <www.mexidodeideias.com.br/industria/infografico-do-cafe-2-da-fazenda-a-suaxicara/>

Grupo 3corações mostra o processo de produção do café em 14 passos. Disponível em: <www.3coracoes.com.br/materias/grupo-3coracoes-mostra-o-processo-deproducao-do-cafe-em-14-passos/>

ABIC - Associação Brasileira da Indústria de Café. Disponível em: <abic.com.br>

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato

 

lema@eq.ufrj.br

lemaoficial.com

  • Instagram
  • Facebook
  • LinkedIn

Siga a gente

© Criado em 2017 por LEMA.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now